Monitoramento da qualidade de ar

Possuímos estações móveis automatizadas para a prestação de serviços de monitoramento da qualidade do ar e meteorologia em qualquer localidade do Brasil, para os poluentes:

• PTS (Partículas Totais em Suspensão);
• PM10 (Partículas Inaláveis < 10 µm);
• PM2,5 (Partículas Inaláveis < 2,5 µm);
• SO2 (Dióxido de Enxofre);
• NOx (Óxidos de Nitrogênio), NO (Monóxido de Nitrogênio) e NO2 (Dióxido de Nitrogênio);
• CO (Monóxido de Carbono);
• O3 (Ozônio);
• HCT (Hidrocarbonetos Totais), CH4 (Metano) e HCnM (Hidrocarbonetos não Metano);
• COV (Benzeno, Tolueno, Etil-Benzeno, M+P Xyleno, O-Xyleno e 1.3 Butadieno).

Os parâmetros meteorológicos avaliados são:
Direção e, velocidade do vento;
Temperatura do ar;
Umidade relativa do ar;
Pressão atmosférica;
Radiação solar global;
Precipitação pluviométrica.

Atendendo ao Conama n° 491/18, realizamos medição com analisadores automáticos dos poluentes presentes no ar no entorno das fontes poluidoras e em locais onde serão instalados empreendimentos, com objetivo de fazer a caracterização da qualidade do ar ambiente.
As estações podem ser personalizadas de acordo com as necessidades de cada cliente e, dependendo da aplicação, podem ser alimentadas por painéis solares e sem necessidade de ambiente climatizado. Todos os equipamentos utilizados são certificados por entidades internacionais.
Os dados gerados pelas estações de monitoramento são acompanhados e avaliados por nossa equipe para emissão de relatórios de qualidade do ar.

Veja também algumas soluções relacionados

Monitoramento com drone
Monitoramento de odor
Monitoramento de emissões fugitivas